Fístula tardia entre a cúpula vaginal pós-histerectomia total e a cavidade uterina: Revisão de literatura - relato de caso

Late fistula between the post-total hysterectomy vaginal vault and the abdominal cavity: Literature review - case report

Authors

  • Joe Luiz Vieira Garcia Novo
  • Isabela Dias dos Santos
  • Matheus Rauen Oliveira
  • Danilo Moulin Sales

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv3n6-025

Keywords:

histerectomia total, sangramento genital tardio, fístula peritônio-vaginal, revisão de literatura, endometriose, relato de caso, dienogeste, gosserrelina

Abstract

Sangramentos irregulares ou cíclicos tardios semelhantes a fluxos menstruais, em pacientes com histerectomia total anterior são muito raros, podendo surgir meses ou anos após a cirurgia. Há poucos casos citados na literatura. Estes eventos são consequentes da associação de endometriose e fístulas com a cúpula vaginal promovendo subsequente eliminação sanguínea pela vulva. Neste estudo, há revisão da literatura pertinente à fístula tardia entre cúpula vaginal pós-histerectomia total e a cavidade abdominal. Há 4 casos descritos, aos quais associa-se o relato atual. Descreve-se paciente com 44 anos, histerectomia total há 7 anos (mioma uterino), sangramento genital tardio simulando perdas menstruais, após 2 anos de cirurgia. RNM de 11/2017 identificou volumoso endometrioma ovariano E (641,6 cm³), com fistulização peritônio-vaginal.  Em 02/2018 após tentativa cirúrgica frustrada em virtude de múltiplas aderências pélvicas, e a seguir de contraceptivos orais, não resolutivas, optou-se por ser medicada com dienogeste. Fluxos sanguinolentos cessaram em 08/2018, retornaram em 01/2019. RNM de 03/2019 revelou gradual redução volumétrica do endometrioma (volume = 143 cm³), mas, não resolução deste caso. Iniciou-se, a seguir, a administração de gosserrelina (análogo sintético GnRH) por 6 meses. Retornou após tratamento com fogachos incômodos, sem sangramentos, anexo E com volume de 124 cm³, preferindo retornar tratamento com dienogeste contínuo. Apresentou-se este relato de caso pela sua extrema raridade, aliada à valorização da queixa dolorosa pélvica, associando-se aos sangramentos genitais periódicos, sugerindo conteúdos menstruais, bem como à grande dimensão do endometrioma ovariano, e, também, à condução do caso voltado para o acompanhamento direcionado a sua real patologia.

Published

2021-12-15

How to Cite

NOVO, J. L. V. G. .; DOS SANTOS, I. D. .; OLIVEIRA, M. R. .; SALES, D. M. . Fístula tardia entre a cúpula vaginal pós-histerectomia total e a cavidade uterina: Revisão de literatura - relato de caso: Late fistula between the post-total hysterectomy vaginal vault and the abdominal cavity: Literature review - case report. Latin American Journal of Development, [S. l.], v. 3, n. 6, p. 3802–3810, 2021. DOI: 10.46814/lajdv3n6-025. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/jdev/article/view/855. Acesso em: 11 aug. 2022.
<br data-mce-bogus="1"> <br data-mce-bogus="1">