A Contribuição de Uma Disciplina Acadêmica no Processo de Autonomização de Professores de Inglês em Formação

The Contribution of an Academic Subject in the Autonomization Process of English Teachers in Training

Authors

  • Isabelly Raiane Silva dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv3n4-054

Keywords:

Aprendizagem de inglês, Autonomia, Motivação

Abstract

RESUMO

No contexto da globalização, a língua inglesa vem ganhando gradativamente mais notoriedade no cenário mundial, fato que a leva a ser alvo de questionamentos que servem de base para o início de uma pesquisa. Desse modo, este estudo busca demonstrar a importância e os benefícios da aprendizagem autônoma desta língua estrangeira com base em definições e conceitos relacionados à autonomia e à motivação propostos por autores como Dickinson (1994), Ushioda (1996) e Benson (2001). Partindo desses referenciais teóricos, uma turma de calouros foi analisada durante o período no qual a disciplina Aprender a Aprender Língua Estrangeira foi ministrada como componente curricular obrigatório do curso de graduação em Licenciatura em Letras com habilitação em Inglês ofertado pela Faculdade de Letras Estrangeiras Modernas (FALEM), na Universidade Federal do Pará (UFPA), durante o segundo semestre de 2014. Tendo a docente como um dos principais agentes motivadores, ao final da disciplina, foram observados altos níveis de motivação em grande parte dos alunos. Ao final da investigação, tornou-se evidente que a aprendizagem pode ser mais efetiva quando o aprendente passa a compreender o funcionamento do processo cognitivo e a conhecer seu próprio estilo de aprendizagem.

 

ABSTRACT

In the context of globalization, the English language has been gradually gaining more notoriety on the world stage, a fact that makes it the target of questions that serve as a basis for the beginning of a research. Thus, this study aims to demonstrate the importance and the benefits of an autonomous learning of this foreign language based on definitions and concepts related to autonomy and motivation proposed by authors such as Dickinson (1994), Ushioda (1996) e Benson (2001). Based on these theoretical references, a class of freshmen was analyzed during the period in which the subject Learn to Learn a Foreign Language was taught as a mandatory curriculum component of the undergraduate course in Majoring in English Language offered by the Faculty of Modern Foreign Languages ​​(FALEM), at the Federal University of Pará (UFPA), during the second semester of 2014. With the teacher as one of the main motivating agents, at the end of the course, high levels of motivation were observed in most students. At the end of the investigation, it became evident that learning can be more effective when the learner starts to understand the functioning of the cognitive process and to know his/her own learning style.

Published

2021-08-09

How to Cite

DOS SANTOS, I. R. S. . A Contribuição de Uma Disciplina Acadêmica no Processo de Autonomização de Professores de Inglês em Formação: The Contribution of an Academic Subject in the Autonomization Process of English Teachers in Training. Latin American Journal of Development, [S. l.], v. 3, n. 4, p. 2476–2484, 2021. DOI: 10.46814/lajdv3n4-054. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/jdev/article/view/693. Acesso em: 17 aug. 2022.
<br data-mce-bogus="1"> <br data-mce-bogus="1">