Perfil dos atropelamentos na cidade de Maceió no ano de 2007

Authors

  • José Anselmo Nunes Brasil
  • Marcela Maria Correia Santos

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv3n3-041

Keywords:

Atropelamento, Acidente de trânsito, Pedestre, Maceió

Abstract

O presente trabalho consiste em traçar o perfil dos atropelamentos, buscando explicar e compreender o problema desse tipo de acidente de trânsito, atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Maceió/AL no ano de 2007. Consiste em um estudo epidemiológico transversal e retrospectivo. Foram analisadas 280 fichas, correspondentes ao período de janeiro a dezembro de 2007. Das fichas analisadas, 198 corresponderam a Unidade de Suporte Básico (USB) e 82 a Unidade de Suporte Avançada (USA). O veículo de atropelamento mais acometido foi os automobilísticos (56,07%). As vítimas caracterizaram-se por serem, em sua maioria, jovens e adultos (60,71%), do sexo masculino (58,9%). O domingo foi o dia com o maior número de atropelamentos (17,85%) A maioria dos acidentes (57,13%) ocorreu no período da tarde/noite (12 ás 23:59h),observando um pico da incidência (28,27%) no período entre 17 e 21horas.Os distritos com maior prevalência foram o segundo e o quinto (33,21%). Este estudo, além de propiciar mais dados epidemiológicos que poderão servir para auxiliar em políticas específicas para segurança do pedestre e do motorista no trânsito, visa conscientizar e alertar as pessoas da importância de medidas de prevenção para minimizar este grave problema de saúde populacional na cidade de Maceió/AL.

Published

2021-06-23

How to Cite

BRASIL, J. A. N. .; SANTOS, M. M. C. . Perfil dos atropelamentos na cidade de Maceió no ano de 2007. Latin American Journal of Development, [S. l.], v. 3, n. 3, p. 1537–1548, 2021. DOI: 10.46814/lajdv3n3-041. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/jdev/article/view/385. Acesso em: 17 may. 2022.