O Espiritismo e as imaginações: a operacionalização da imaginação melodramática e da estrutura imaginativa da Bíblia na representação do Espiritismo em Nosso Lar

Authors

  • Lisandro Magalhães Nogueira
  • Artur Felício Costa

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv3n3-028

Keywords:

Melodrama, Espiritismo, Cinema

Abstract

Este artigo pretende fazer uma abordagem inicial de como a doutrina espírita é representada no cinema. Para tanto, recorreu-se à análise de Nosso Lar (2010), obra que compõem a “onda” de filmes espíritas no Brasil e que obteve significativo sucesso de público. Adotou-se aqui, como horizonte interpretativo, o encontro entre duas matrizes textuais importantes na formação crítica e cultural do Ocidente: a Bíblia e o melodrama. Estes referenciais fazem parte da composição de dois modos imaginativos centrais para este artigo: a imaginação melodramática e a estrutura imaginativa derivada da Bíblia. Assim, tentou-se demonstrar como a doutrina espírita, em sua matriz cristã, informa a própria linguagem deste filme. Verificou-se, neste caso, o uso da parábola do filho pródigo como molde narrativo e imagético para a divulgação do Espiritismo no cinema. Um encontro hipertextual entre a Bíblia e o melodrama.

Published

2021-06-11

How to Cite

NOGUEIRA, L. M. .; COSTA, A. F. . O Espiritismo e as imaginações: a operacionalização da imaginação melodramática e da estrutura imaginativa da Bíblia na representação do Espiritismo em Nosso Lar. Latin American Journal of Development, v. 3, n. 3, p. 1365-1378, 11 Jun. 2021.