Reação do mercado ao ingresso (saída) ao ISE: estudo de evento e análise da liquidez

Authors

  • Maximiliano Kruel
  • Kelmara Mendes Vieira

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv3n3-025

Keywords:

Índice de sustentabilidade, liquidez, mercado de capitais brasileiro

Abstract

O presente trabalho analisa a reação dos investidores quanto à entrada (saída) das ações das empresas que aderem ao Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BOVESPA para os anos de 2005-2009, e busca identificar possíveis alterações nos índices de liquidez de algumas variáveis. Através da metodologia de estudo de evento e teste da influência da liquidez de mercado, o trabalho busca evidenciar a performance através da eficiência de mercado sob a forma semi-forte. Foram selecionados cinco indicadores de liquidez para identificar as diferenças no ingresso (saída) do ISE. Os resultados demonstram que mesmo as informações sendo anteriormente publicadas quanto ao ingresso (saída) do índice ISE, não há evidencia de retornos acima dos esperados, apesar de haver existência de alguns resíduos, positivos e negativos, em alguns instantes anteriores e posteriores à data do evento. Para os testes de liquidez, foram encontradas relações apenas na amostra completa das ações das empresas, já na amostra de ingresso (saída), pode-se apenas verificar relação com o retorno dos índices, BOVESPA e FGV 100. Desta forma, segundo a teoria de eficiência de mercado na forma semi-forte, as práticas das empresas que fazem parte do ISE já estão presentes nos preços das ações.

Published

2021-06-07

How to Cite

KRUEL, M. .; VIEIRA, K. M. . Reação do mercado ao ingresso (saída) ao ISE: estudo de evento e análise da liquidez. Latin American Journal of Development, v. 3, n. 3, p. 1322-1342, 7 Jun. 2021.