Uma Análise da Obra Plantas Tóxicas do Brasil (1871), de autoria do Médico-Botânico Joaquim Monteiro Caminhoá

Authors

  • Alex Gonçalves Varela
  • Gabriel Vieira

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv3n3-011

Keywords:

História das Ciências, Joaquim Monteiro Caminhoá, Botânica, Império do Brasil

Abstract

Temos como objeto de análise a obra Das Plantas Tóxicas do Brasil (1871), de autoria do médico-botânico Joaquim Monteiro Caminhoá. Personagem bastante citado nos manuais de história da medicina, porém sua trajetória de vida ainda não foi devidamente estudada, e suas produções científicas não foram analisadas criticamente. Portanto, há lacunas que estimulam a continuidade dos estudos sobre o referido personagem, e a sua contribuição para o processo de emergência e consolidação das ciências naturais do Império do Brasil.   

Published

2021-05-18

How to Cite

VARELA, A. G. .; VIEIRA, G. . Uma Análise da Obra Plantas Tóxicas do Brasil (1871), de autoria do Médico-Botânico Joaquim Monteiro Caminhoá. Latin American Journal of Development, v. 3, n. 3, p. 1127-1144, 18 May 2021.