Sustentabilidade é um modo de ser da ética

Authors

  • Vanessa Steigleder Neubauer
  • Ieda Márcia Donati Linck
  • Isadora Wayhs Cadore Virgolin
  • Rafael Vieira de Mello Lopes
  • Ângela Simone Keitel

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv2n6-019

Keywords:

Respeito, Responsabilidade, Informação

Abstract

O presente texto vem ponderar sobre a  comunicação persuasiva. A regra universal da ética da comunicação baseia-se no acordo acerca dos princípios de informação e de argumentação. O cumprimento da regra mencionada permite a explicação de situações de conflito, assim como o esclarecimento das mensagens ilegíveis.   Os meios de comunicação social alcançaram tamanha importância que são para muitos o principal instrumento de informação e formação, de guia e inspiração de comportamentos individuais e coletivos.

A responsabilidade da informação quanto ao exercício da verdade explica a importância da ética na comunicação. Existe um princípio que afirma que "todo indivíduo tem direito à informação e direito de informar". O direito à informação fundamenta-se não só na dignidade do indivíduo, mas também na exigência do bem comum; o direito de informar está na base da liberdade de expressão. Não podemos esquecer que os interesses econômicos, políticos, artísticos e de audiência nunca podem ser colocados acima da lei moral ou do bem comum.                  

No entanto, para que isso seja levado a efeito, Gomes (1997) afirma que o debate sobre a ética da comunicação movimenta-se em dois parâmetros. Por um lado, deve-se denunciar tudo aquilo que significa desmoralização, abuso e negação de valores universais. Por outro, deve-se identificar os sinais da evolução, buscando novas perspectivas e novos valores para o trabalho diário. A partir desse debate podemos compreender a importância da ética para atuar como um profissional de comunicação.

Published

2021-01-28

How to Cite

NEUBAUER, V. S. .; LINCK, I. M. D. .; VIRGOLIN, I. W. C. .; LOPES, R. V. de M. .; KEITEL, Ângela S. . Sustentabilidade é um modo de ser da ética. Latin American Journal of Development, [S. l.], v. 2, n. 6, p. 571–581, 2021. DOI: 10.46814/lajdv2n6-019. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/jdev/article/view/154. Acesso em: 18 may. 2022.