Teologia da Libertação na terra do dólar

Authors

  • Jorge Claudio Noel Ribeiro

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv2n6-009

Keywords:

teologia, libertação, Estados Unidos, Black Churches, Harlem, Direitos Civis

Abstract

Embora pouco conhecida no meio acadêmico latino-americano, a Teologia da Libertação (TdL) nos EUA apresenta uma longa tradição que inspira inovadoras práticas religiosas e sociais. Essa vertente mostra a face mais madura e solidária da religião na sociedade estadunidense, contrapondo-se à corrente mainstream, neopentecostal. Profundamente enraizada na história e cultura estadunidense, a TdL se desdobra em diversas vertentes: é negra, feminista (ou “womanist”, na versão negra), hispânica, asiática, haitiana, nativo-americana e “queer”.

Ao longo de sua história, a TdL dos EUA apresenta três eixos principais. O primeiro são as Black Churches, que desde o século 18 se opunham à escravidão e à segregação dos afro-americanos que, após a abolição da escravidão se transformaram nas infames leis “Jim Crow”. A luta contra essa legislação foi religiosamente inspirada e mobilizou líderes e associações.

O segundo eixo foi a Harlem Renaissance (HR), amplo movimento artístico durante o qual numerosos intelectuais e artistas afro-americanos apresentaram expressiva produção. Embora não seja formalmente teológico, por sua contribuição à formação da identidade afro-americana, esse movimento é apontado como importante componente da TdL nos EUA.

O terceiro eixo foi o movimento pelos Direitos Civis cujo berço foi a resistência e a luta contra a escravidão. A Marcha sobre Washington, de 1963, é referência inescapável na luta pelos direitos civis. Conclamada por várias associações e igrejas, reuniu 250 mil pessoas. Na ocasião, King proferiu seu clássico discurso “Eu tenho um sonho”. A marcha acelerou importantes mudanças em tramitação no Congresso que culminaram na legislação anti-segregação no início dos anos 1960 e na eleição de Barack Obama em 2008.

Published

2021-01-28

How to Cite

RIBEIRO, J. C. N. . Teologia da Libertação na terra do dólar . Latin American Journal of Development, [S. l.], v. 2, n. 6, p. 431–447, 2021. DOI: 10.46814/lajdv2n6-009. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/jdev/article/view/125. Acesso em: 7 jul. 2022.