Relações líquidas: sobre a fragilidade dos laços afetivos na atualidade

Liquid relationships: on the fragility of affective bonds today

Authors

  • Isabelle Aguiar Paiva Bedê
  • Ângela Julita Leitão de Carvalho
  • Juliana de Andrade Teófilo Machado

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv4n3-042

Keywords:

capitalismo, transitoriedade, trabalho, virtualidade, relações afetivas

Abstract

A questão central desta pesquisa é investigar as configurações de relações amorosas na atualidade e a forma através da qual tais relações vêm sendo moldadas em uma sociedade u li qu i da", marcada pela pressa, por relações socia is fugidias, pela crescente individualização e virtual i dade nas comunicações. Na esteira dessa discussão, examinamos , também, possíveis ligações entre o "mundo do trabalho " e o universo das relações afetivas . Para além destes aspectos , sublinha-se as consequências da chamada Revolução Sexual e de Costumes, através da qual as mulheres obtiveram ganhos, n otadamente em relação à autonomia e à liberdade sexual. Os dados estatisticos referentes aos Censos de 1980 e de 201O nos revelam que, entre os anos de 1984 e 2010, o numero de divórcios aumentou cerca de 4 vezes. Se em 1984 a cada mil brasileiros 5 se separavam , em 2010 esse número subiu para algo em torno de 18. Observa-se que a supressão dos prazos em relação à separação fez com que a taxa geral de divórcio atingisse o seu maior valor, 1,8%. Vê-se , portanto, que a cada época em que ocorreram alterações na legislação sobre divórcios houve elevação das taxas. Já a cidade de Fortaleza nos apresenta um quadro diferente do restante do Brasil. No último censo houve um aumento do número de casamentos e uma diminuição no número de divórcios. Ou seja, os casais tendem a se separar menos. Podemos constatar esta tendência nas respostas de nossos entrevi stados: a despeito de reconhecerem as dificuldades presentes numa relação a dois, decidem permanecer no casamento .

Published

2022-06-22

How to Cite

BEDÊ, I. A. P. .; DE CARVALHO, Ângela J. L. .; MACHADO, J. de A. T. . Relações líquidas: sobre a fragilidade dos laços afetivos na atualidade: Liquid relationships: on the fragility of affective bonds today. Latin American Journal of Development, [S. l.], v. 4, n. 3, p. 1198–1206, 2022. DOI: 10.46814/lajdv4n3-042. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/jdev/article/view/1100. Acesso em: 2 jul. 2022.