Os estilos de pensamento, a disposição optimista e o autoconceito no jovem portador de deficiência mental ligeira

Thinking styles, optimistic disposition and self-concept in young people with mild intellectual disabilities

Authors

  • Ana Lucia Ferreira Antunes Martins

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv4n2-010

Keywords:

deficiência mental ligeira, estilos de pensamento, optimismo e autoconceito

Abstract

Na presente investigação pretendemos estudar os estilos de pensamento e a disposição optimista e autoconceito na Deficiência Mental Ligeira. Desenhámos um estudo do tipo correlacional-preditivo com uma amostra constituída por jovens e adultos com Deficiência Mental Ligeira de ambos os géneros, institucionalizados na APPACDM de Viseu e a frequentar os vários cursos de carácter profissional da valência Formação Profissional. Para caracterização e avaliação da amostra nas variáveis investigadas recorremos ao questionário sócio-demográfico, à Escala de Inteligência de Wechsler para adultos (WAIS-III – com uso protocolado na instituição), às Matrizes Progressivas de Raven, nomeadamente as matrizes coloridas e as da escala geral, à Escala de Optimismo de Barros de Oliveira (1998) e ao Inventário Clínico de Autoconceito de Vaz-Serra (1986).  Os resultados apontam para a existência de uma correlação positiva significativa entre os estilos de pensamento e a disposição optimista e o autoconceito de cada indivíduo portador de Deficiência Mental Ligeira, sendo a correlação com esta última moderada. Deste modo, no presente estudo podemos verificar que os deficientes mentais ligeiros da amostra estudada apresentam uma forma de pensar e reagir à realidade mediada pela sua disposição optimista e autoconceito (face ao seu grau de deficiência e ao mundo que os rodeia), no sentido de que a presença favorável de uma levar a esperar-se à presença favorável da(s) outra(s). De referir que esta amostra revela no geral indivíduos com boa disposição optimista e bom autoconceito.

Published

2022-03-17

How to Cite

MARTINS, A. L. F. A. . Os estilos de pensamento, a disposição optimista e o autoconceito no jovem portador de deficiência mental ligeira: Thinking styles, optimistic disposition and self-concept in young people with mild intellectual disabilities. Latin American Journal of Development, [S. l.], v. 4, n. 2, p. 403–407, 2022. DOI: 10.46814/lajdv4n2-010. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/jdev/article/view/1003. Acesso em: 7 jul. 2022.