Esferocitose hereditária: sintomas, diagnóstico e tratamento

Hereditary spherocytosis: symptoms, diagnosis and treatment

Authors

  • Brian França dos Santos
  • Cleber Queiroz Leite

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv3n2espec-008

Keywords:

hereditary, spherocytosis, diagnosis, treatment

Abstract

A esferocitose hereditária é uma forma de anemia hemolítica reconhecida por um distúrbio da membrana dos glóbulos vermelhos, na qual há um defeito nas proteínas dessas membranas, predispondo-a hemólise. Dessa forma, a esferocitose hereditária caracteriza-se pelo aumento da fragilidade osmótica e pelo surgimento de microesferócitos no esfregaço de sangue periférico. Nesse contexto, o presente estudo trata-se de uma revisão de literatura, com o objetivo de apontar os sinais e sintomas da esferocitose hereditária, bem como enfatizar o seu diagnóstico e tratamento. Em síntese, o diagnóstico para essa patologia acaba sendo realizada por meio da clínica do paciente, bem como pelo seus exames laboratoriais. Já em relação ao seu tratamento, a esplenectomia acaba mostrando-se uma boa escolha, porém para a realização dela deve se fazer uma avaliação individual de cada paciente, realizando a classificação correta do grau da doença e a necessidade desse procedimento ou de uma outra abordagem menos invasiva.

Published

2022-03-04

How to Cite

DOS SANTOS , B. F. .; LEITE, C. Q. . Esferocitose hereditária: sintomas, diagnóstico e tratamento: Hereditary spherocytosis: symptoms, diagnosis and treatment. Archives of Health, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 424–428, 2022. DOI: 10.46919/archv3n2espec-008. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/968. Acesso em: 7 jul. 2022.