Situação epidemiológica da tuberculose no Nordeste do estado do Pará, Brasil

Authors

  • Nadjane dos Santos Sampaio
  • Aldemir Branco de Oliveira Filho

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv1n5-014

Keywords:

Epidemiologia, Tuberculose, Monitoramento, Pará

Abstract

Este estudo é um levantamento de casos notificados de tuberculose e uma descrição do perfil dos infectados no nordeste do Pará, norte do Brasil. Ele coletou informações dos municípios do nordeste do estado do Pará no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). Análises de variância dois critérios, Kruskal-Wallis e Qui-Quadrado foram utilizados para comparar os casos de tuberculose em relação a cada microrregião e os fatores de risco. De janeiro de 2003 a dezembro de 2011, 4.900 casos de tuberculose foram notificados no nordeste do Pará. A prevalência e a incidência média anual foi 34,37 e 28,51/100.000 habitantes, respectivamente. Das cinco microrregiões que estão inclusas no nordeste do Pará, a microrregião do Salgado apresentou a maior média anual de incidência e prevalência com 36,64 e 44,70/100.000 habitantes, respectivamente.  A microrregião do Guamá apresentou os menores valores das taxas de incidência (20,22/100.000 habitantes) e prevalência (24,70/100.000 habitantes) médios anuais. As microrregiões do Guamá e Salgado apresentaram um crescimento do número de famílias acompanhadas pela atenção básica com coincidente diminuição dos números de casos de tuberculose. A tuberculose no nordeste do Pará foi mais frequente em indivíduos do sexo masculino (60,61%), residentes da zona urbana e proximidades (60%), na faixa etária de 20 a 39 anos (45,06%), com baixa escolaridade (55,18%), e predominando em grupos de indivíduos economicamente ativos. A forma clínica mais recorrente foi a forma pulmonar (94,38%). Este estudo possibilitou conhecer características da tuberculose no nordeste do Pará, além de avaliar de forma indireta o serviço de saúde destinado ao controle da doença nessa área do Pará.

Published

2020-12-23

How to Cite

SAMPAIO, N. dos S. .; FILHO, A. B. de O. . Situação epidemiológica da tuberculose no Nordeste do estado do Pará, Brasil. Archives of Health, [S. l.], v. 1, n. 5, p. 318–330, 2020. DOI: 10.46919/archv1n5-014. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/87. Acesso em: 18 may. 2022.