A fitoterapia e suas interações com medicamentos sintéticos – uma revisão da literatura

Phytotherapy and its interactions with synthetic medicines - a review of the literature

Authors

  • Crysthal Maini Geara
  • Sávio Rezende de Almeida Mizael
  • Thayná Mota Crovato Silva
  • Danielle Cristina Zimmermann Franco

Abstract

A utilização de plantas medicinais é milenar, porém, desde o início deste século, tem ocorrido um crescente interesse pelo estudo de espécies vegetais e seu uso tradicional em diferentes partes do mundo. As plantas medicinais e seus derivados estão entre os principais recursos terapêuticos da Medicina Tradicional e da Medicina Complementar e Alternativa e vem há muito sendo utilizados pela população brasileira nos seus cuidados com a saúde (FALZON CC, 2017). Algumas delas já passaram por todas as etapas de pesquisa consideradas suficientes para atestarem sua eficácia, permitindo que façam parte do arsenal medicamentoso do profissional de saúde. Entretanto, é imprescindível que os usuários da presente terapia recebam prescrição adequada e informações sobre possíveis interações medicamentosas, uma vez que o conceito de que o uso de planta medicinal não faz mal por ser natural, aliado ao pensamento de que os médicos não entendem de plantas medicinais, leva muitas vezes o paciente a não relatar que está fazendo uso deste recurso (MATTOS G, et al., 2018). A administração concomitante de medicamentos convencionais e fitoterápicos pode alterar os níveis de respostas, aumentando as chances de interação medicamentosa (DIAS ECM, et al., 2017).

Published

2021-07-22

How to Cite

GEARA, C. M. .; MIZAEL, S. R. de A. .; SILVA, T. M. C. .; FRANCO, D. C. Z. . A fitoterapia e suas interações com medicamentos sintéticos – uma revisão da literatura: Phytotherapy and its interactions with synthetic medicines - a review of the literature. Archives of Health, [S. l.], v. 2, n. 4, p. 1333–1337, 2021. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/637. Acesso em: 18 may. 2022.