Análise de sobrevivência de pacientes com câncer de mama na região central do estado do Rio Grande do Sul, Brasil: comparação entre o sistema público e o privado

Authors

  • João Nazareno da Silva Ethur
  • Andréia de Moura Valim
  • Lia Gonçalves Possuelo

Keywords:

Câncer de mama, Sobrevivência, Epidemiologia, Sistema único de saúde, Setor privado

Abstract

Evidências mostram que iniquidades socioeconômicas podem interferir na sobrevida de pacientes com câncer de mama. Delineou-se o perfil e avaliou-se a sobrevida global (SG) e livre de recorrência (SLR) entre pacientes tratadas nos sistemas público e privado, por meio da análise de prontuários de 526 pacientes submetidas a tratamento cirúrgico de câncer de mama, estádio de Ia a IIIc, atendidas em Hospital Escola da região central do RS (BR) e em clínica privada do município. Estudo retrospectivo transversal secundário com informações de follow-up de 60 e 120 meses. Verificou-se que existem diferenças entre as curvas de SG e SLR de ambos os grupos. Na análise por estádio, os estádios I e II não apresentaram significância estatística, observou-se diferença apenas no estádio III (log-rank=0,036), com SG inferior em pacientes do sistema público na comparação com os pacientes privados (74,6% vs 90,9% em 60 meses e 49,7% vs 69,0% em 120 meses). A SLR também apresentou diferença apenas no estádio III, menor no grupo público, 54,6% vs 76,9% em 60 meses e 30,3% vs 65,1% em 120 meses (log-rank=0,001). Concluiu-se que a diferença da SG e SLR no estádio III esteve relacionada especialmente ao tempo entre o diagnóstico e o início do tratamento, comprometendo a terapêutica instituída no sistema público, e possivelmente a iniquidades sociais que interferem no seguimento adequado pós tratamento.

 

Published

2020-09-17

How to Cite

ETHUR, J. N. da S. .; VALIM, A. de M. .; POSSUELO, L. G. . Análise de sobrevivência de pacientes com câncer de mama na região central do estado do Rio Grande do Sul, Brasil: comparação entre o sistema público e o privado. Archives of Health, [S. l.], v. 1, n. 4, p. 147–161, 2020. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/52. Acesso em: 7 jul. 2022.