Caraterização Da Movimentação Espontânea De Lactentes Da Comunidade De Paraisópolis Em São Paulo

Authors

  • Aparecida Praeiro dos Santos
  • Dafne Herrero

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv2n3-030

Keywords:

Neuromotor development, Early intervention, Regionalization, Follow-up

Abstract

Introdução: O desenvolvimento neuromotor infantil constitui o resultado do aprendizado e das habilidades adquiridas na execução dos atos. Escalas de avaliação do desenvolvimento motor têm sido utilizadas, mundialmente, na tentativa de identificar através da movimentação espontânea das crianças se as mesmas apresentam sinais indicativos de alterações no desenvolvimento neuromotor. Objetivo: Avaliar a movimentação espontânea de lactentes moradores da comunidade de Paraisópolis atendidos em serviço de follow-up do Programa Einstein na Comunidade de Paraisópolis (PECP), em São Paulo. Método: Trata-se de um estudo transversal, observacional e descritivo realizado em duas etapas: a) avaliação do lactente através da verificação do desempenho motor através da Escala Motora Infantil Alberta e b) aplicação de questionário feito aos cuidadores para investigação de informações perinatais, socioeconômicas, nutricionais e de ambientes de estimulação. Foram avaliados os lactentes com idade entre 4 e 6 meses, nascidos de parto único, com peso ao nascer de 2.500, a termo, idade gestacional entre 37 e 42 semanas, moradores da comunidade de Paraisópolis em serviço de follow-up do (PECP), em São Paulo, SP no primeiro semestre de 2015. Resultados e discussão: A população de lactentes em sua maioria foi composta por meninos nascidos termo, com peso de nascimento de 3.1 gramas, AIG, seus cuidadores principais são as próprias mães. Os bebês não apresentavam nenhuma doença à época da pesquisa, foram amamentados por um período superior à 120 dias e o local de permanência dos bebês quando acordados, na grande maioria, está em berço, banheira, carinhos, colo ou no sofá. As mães tem em média 23,7 anos de idade, com escolaridade cursada em torno de 8 anos de estudo, realizaram pré-natal, sem intercorrências significativas durante o pré-natal, gestação ou para os bebês. Conclusão: a maioria dos lactentes avaliados apresentou-se abaixo da média no que se refere ao desempenho motor nos permitindo considerar que a maioria deles permanece em locais que não possibilitam movimento (berço, banheira, carrinho, colo e sofá) concordando com a literatura que crianças que crescem em ambientes carentes de estímulos não apresentam facilidade para o aprendizado motor uma vez que não possuem estruturas operacionais aptas a equacionarem novos eventos e sequências.

Published

2021-06-23

How to Cite

DOS SANTOS, A. P. .; HERRERO, D. . Caraterização Da Movimentação Espontânea De Lactentes Da Comunidade De Paraisópolis Em São Paulo. Archives of Health, [S. l.], v. 2, n. 3, p. 510–533, 2021. DOI: 10.46919/archv2n3-030. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/386. Acesso em: 7 jul. 2022.