Desafios da atenção primária à saúde durante a pandemia da COVID-19 no Brasil

Authors

  • Elisa Mileni de Sá Gomes
  • Larissa Veloso Hilarino
  • Taynah Regianni Furtado
  • André Luiz Silva Alvim

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv2n3-009

Keywords:

Atenção Primária à Saúde, Infecções por Coronavirus, COVID-19, Sistema Único de Saúde, Brasil

Abstract

Objetivo: Levantar na literatura os desafios enfrentados pela APS em relação ao atendimento das demandas específicas de pacientes acometidos pela COVID-19. Métodos: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura realizada nas bases de dados LILACS, MEDLINE, PubMed e na biblioteca SciELO. Resultados: Foi obtida uma amostra de sete artigos de acordo com os critérios de inclusão pré-estabelecidos. Considerando a análise dos artigos finais, observou-se que a APS tem seu potencial limitado diante da pandemia vigente principalmente quando se analisa a escassez de investimento financeiro nesse setor. Discussão: A Atenção Primária à Saúde apresenta falhas quanto a consolidação do teleatendimento, a distribuição de recursos, a organização e o planejamento dos centros de saúde e a execução da vigilância epidemiológica. Todos esses fatores comprometem a prevenção e o tratamento da COVID-19. Conclusão: As dificuldades enfrentadas pela APS na pandemia da COVID-19 são reflexo da má gestão da saúde pública em um cenário anterior à tal crise sanitária.

Published

2021-05-28

How to Cite

SÁ GOMES, E. M. DE .; HILARINO, L. V. .; FURTADO, T. R. .; ALVIM, A. L. S. . Desafios da atenção primária à saúde durante a pandemia da COVID-19 no Brasil. Archives of Health, v. 2, n. 3, p. 299-313, 28 May 2021.