Um olhar implicado para os registros de mortes Indígenas no estado do Acre causadas por conta da Covid-19

Authors

  • Valdemar Matos Paula
  • Maria das Graças Alves Pereira

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv2n3-007

Keywords:

Covid-19, Estado do Acre, Indígenas, Amazônia Ocidental

Abstract

Os indígenas evidentemente necessitam da assistência de políticas públicas que busquem atender problemas relacionados a saúde pública dentro das aldeias e até mesmo fora delas, assim, discorrendo sobre os impactos causados por conta do agravamento da Covid-19 dentro destas comunidade, este estudo tem como finalidade apresentar os índices de mortes ocasionadas pela Covid-19 nas populações indígenas do Acre, ademais, o estudo fomenta a discussão sobre a relevância de novas ferramentas que otimizem a oferta de saúde pública para estes povos, especialmente, dentro da Amazônia. Optou-se por uma metodologia de busca pelos dados apresentados, logo, os dados foram coletados no banco de dados da Comissão Pró-Índio do Acre. Verificou-se que em dezembro do ano de 2020 foram registradas 27 mortes indígenas no Acre por conta da Covid-19 e os povos atingidos foram: Puyanawa - Jaminawas - Jaminawa Arara - Manxineru - Huni kuî (Kaxinawa) - Madijá (Kulinas), Shawãdwa (Arara) - Shanenawa - Yawanawa - Nukini - Nawa - Noke ko´í (Katukina) - Apolima Arara, ou seja, mais de 50% dos povos indígenas do Acre. Pode ser concluindo que o estado do Acre necessita implantar políticas públicas que possam atender os povos indígenas de uma maneira eficaz e não esporádica, pois, o direito por saúde indígena deve existir. Ademais, é relevante que tais políticas públicas ocorram não apenas em tempos de pandemia, mas também, em período pós-pandêmico.

Published

2021-05-28

How to Cite

PAULA, V. M. .; PEREIRA, M. DAS G. A. . Um olhar implicado para os registros de mortes Indígenas no estado do Acre causadas por conta da Covid-19. Archives of Health, v. 2, n. 3, p. 276-286, 28 May 2021.