Contribuição do dipositivo de grupo na produção de saúde mental dos familiares de dependentes quimicos

Authors

  • Andréa Mata Machado Fernandes Dias

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv1n6-016

Keywords:

Dependência química, Família, Grupo de familiares

Abstract

Neste artigo, tendo por base o estudo descritivo do grupo de familiares em um centro de atenção psicossocial aos usuários de álcool e outras drogas,  é apresentado o conceito de substância química e dependência  abordando o seu impacto na saúde mental dos familiares de dependentes químicos. Busca identificar o potencial terapêutico do grupo de familiares na produção de saúde mental, destacando como potencializadores aspectos referentes ao acolhimento do sofrimento, identificação grupal, troca de experiência, ajuda mútua e compreensão da dependência. Apresenta os efeitos positivos da abordagem de grupo para os familiares e conclui que esse tipo de intervenção vem sendo paulatinamente reconhecido nas politicas e programas de saúde mental e que estudos confirmam sua importância. Contudo é preciso maior incentivo e fomento de pesquisas a cerca da intervenção familiar que possam subsidiar os programas de saúde mental e contribuir nas ações realizadas na atenção psicossocial.

Published

2020-12-22

How to Cite

FERNANDES DIAS, A. M. M. . Contribuição do dipositivo de grupo na produção de saúde mental dos familiares de dependentes quimicos. Archives of Health, [S. l.], v. 1, n. 6, p. 555–569, 2020. DOI: 10.46919/archv1n6-016. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/149. Acesso em: 17 aug. 2022.