Suco clarificado de Caju “Cajuína” - um estudo experimental em tempos de COVID -19

Authors

  • Lorena de Holanda Gonçalves
  • Luiza Dias Carvalho Santos Brandão
  • Marielle da Silva Costa
  • Francílio de Carvalho Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv1n6-015

Keywords:

Rotulagem, Suco Clarificado, Toxicidade

Abstract

 Objetivo: Realizar a análises do suco clarificado de caju em ambientes não convencionais utilizando materiais alternativos, a partir da observação da obediência às conformidades nas informações rotulares, como o comportamento ácido/básico frente a um indicador natural e a toxicidade da bebida provocada em espécie de Allium cepa. Metodologia: Foram realizadas análises de 14 marcas de cajuína comercializadas em 3 municipios do estado do Piaui, através das informações rotulares, acidez por colorimetria e a toxicidade pelo método de Allium cepa. Resultados: Observou-se que duas das marcas analisadas não estavam em conformidade com a legislação (K e L) encontradas no comércio formal de Barras - PI. As amostras avaliadas apresentaram uma variação no grau de acidez com predominância para o meio ácido, sendo 3 amostras ácidas (C e D) adquiridas no comércio de Jatobá do Piauí e (E) adquirida em Teresina-PI e 2 amostras alcalinas (A e B) comercializadas no município de Barras PI. Conclusão: É possível realizar estudos experimentais em ambientes não convencionais deste que cercado do controle das condições ambientais, como temperatura, pressão, umidade etc. Todas as marcas foram consideradas tóxicas.

Published

2020-12-22

How to Cite

GONÇALVES, L. de H. .; BRANDÃO, L. D. C. S. .; COSTA, M. da S. .; OLIVEIRA, F. de C. . Suco clarificado de Caju “Cajuína” - um estudo experimental em tempos de COVID -19. Archives of Health, [S. l.], v. 1, n. 6, p. 536–554, 2020. DOI: 10.46919/archv1n6-015. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/141. Acesso em: 7 jul. 2022.