Priorização de localidades de risco quanto à Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano- VIGIAGUA

Authors

  • Glauce Araujo Ideião Lins
  • Kênia Cristina de Oliveira
  • Petrônio da Silva Lopes

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv1n6-002

Keywords:

Saúde Ambiental, Vigilância em Saúde Pública, Saúde Pública, Vigilância Sanitária Ambiental, Promoção da Saúde

Abstract

A Vigilância em Saúde Ambiental Relacionada à Qualidade da Água para Consumo Humano – VIGIAGUA consiste no conjunto de ações adotadas continuamente pelas autoridades de saúde pública, visando garantir que a água consumida pela população atenda aos padrões e normas estabelecidas na legislação vigente e para avaliar os riscos que a água de consumo representa para a saúde humana. Objetivou-se apresentar a metodologia de priorização de Regiões Administrativas de risco quanto à contaminação hídrica, mediante critérios relacionados às características dos sistemas e soluções de abastecimento de água, condições sanitárias e agravos de vinculação hídrica. A partir, da metodologia do planejamento do Plano de Amostragem da Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano do DF, observou-se que a necessidade de elaborar estratégias locais, segundo o princípio da equidade, para cobertura de atendimento do programa VIGIAGUA-DF. Assim, obteve-se como resultado a priorização de Regiões Administrativas em três classes: de alto, médio e baixo. Logo, ratificamos a relevância de gestão do programa por meio da utilização de critérios técnicos para tomada de decisão e melhor atendimento das demandas de saúde e saneamento ambiental.

Published

2020-12-22

How to Cite

LINS, G. A. I. .; OLIVEIRA, K. C. de .; LOPES, P. da S. . Priorização de localidades de risco quanto à Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano- VIGIAGUA. Archives of Health, [S. l.], v. 1, n. 6, p. 396–402, 2020. DOI: 10.46919/archv1n6-002. Disponível em: https://latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/106. Acesso em: 17 aug. 2022.